Tempo de duração da Anestesia

O tempo de duração de uma anestesia deverá ser proporcional ao tempo previsto para a intervenção cirúrgica.
Nas cirurgias com anestesia geral, o avanço tecnológico e farmacêutico permite hoje que o médico anestesista proporcione ao paciente uma anestesia com a mesma duração cirúrgica, tornando possível ao paciente acordar ao final da operação. Nas técnicas regionais, na maior parte das vezes é desejável um efeito residual. Isso quer dizer que a parte do corpo submetida à cirurgia permanece anestesiada por algum tempo após a operação, proporcionando ao paciente ausência de dor por um período mais prolongado.